Tópico de Poesias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Poesia

100% 100% 
[ 4 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 4

vamos fazer poemas?

Mensagem por ~~~~i com em Sex 28 Set 2012 - 14:49

A MINHA CASA ESTABANADA

COISAS PENDURADAS NO TETO

O SEXO AINDA VIVE

DENTRO DA MINHA MENTE



INDA VOU LÁ

FAZER O QUE

EU BEM ENTENDER



MAS ELA NÃO

SABE SE VOU

ARRUMAR A SALA



ENTÃO MEU AMIGO

FICA NA BOA

QUE EU FICO

ARRANHANDO MINHA GATA
avatar
~~~~i com
Novo Membro
Novo Membro

Pontos : 7
Reputação : 0
Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tópico de Poesias

Mensagem por CarloSilva16 em Qua 24 Ago 2011 - 2:32

A Despedida


Entrego a minha alma a Deus,
O meu coração à terra.
Aperto no peito a dor dos espinhos
Paz nas pétalas brancas.

Sinto‑me frio como
Um cubo de gelo.
Branco como a neve,
Sensível como uma flor.

Agarro no peito um sentimento,
Simbolizado por uma rosa
De cor branca com espinhos
No caule e espetados na mão…

Pouca é a alegria no olhar,
Poucos são os sorrisos nos lábios,
Pouca é a força para lutar…

O que existe de grande?
Grande é o sentimento de:
Amor, dor, culpa e Alegria…
Dor e culpa na vida,
Na personalidade.

Começa a escorrer sangue,
Sangue vermelho vivo,
Traçando um caminho
Nas pétalas brancas.

Olhar perdeu o brilho
Perdeu o encanto.
Ganhou água
Que acompanha o movimento
De todo o sangue da dor.

O olhar turvou
Ficou na escuridão…
Apenas ficou a carne,
A alma está com Deus…
A vida acabou…

18 de Dezembro de 2006

Autor:
Karl Steinberg (pseudónimo)
avatar
CarloSilva16
Novo Membro
Novo Membro

Pontos : 13
Idade : 29
Reputação : 0
Mensagens : 13
Localização : Lisboa - Benfica
Data de inscrição : 09/08/2011

Ver perfil do usuário http://karlsteinberg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tópico de Poesias

Mensagem por reflect em Ter 16 Ago 2011 - 1:58

Num amor, um labirinto

Sentado numa pedra,
a pensar no meu destino,
destino este que se empedra
cantando o seu próprio hino

Encontro-me num labirinto
onde a sombra do amor me tapa
e uma sombra negra pressinto
é melhor procurar um mapa

mapa este complicado
impossível de compreender
sinto me tão baralhado
nunca o vou entender

sinto uma paixão profunda
invadindo o meu coração
tenho medo que afunda
toda a minha paixão

Paixão esta intensa
difícil de explicar
é como se fosse uma doença
impossível de curar

deste labirinto tenho de sair
mas não encontro o caminho
talvez pudesse vir
um homem adivinho

Autor: reflect


Os melhores cumprimentos,
A Administração
Reflect
avatar
reflect
Administrador
Administrador

Pontos : 335
Idade : 24
Reputação : 3
Mensagens : 181
Localização : Sintra
Data de inscrição : 11/03/2011

Ver perfil do usuário http://reflectcolors.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tópico de Poesias

Mensagem por reflect em Ter 16 Ago 2011 - 1:02

Este tópico destina se a poesias. (lembramos que todas as poesias que forem postadas deverão ter o nome do autor)


Os melhores cumprimentos,
A Administração
Reflect
avatar
reflect
Administrador
Administrador

Pontos : 335
Idade : 24
Reputação : 3
Mensagens : 181
Localização : Sintra
Data de inscrição : 11/03/2011

Ver perfil do usuário http://reflectcolors.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tópico de Poesias

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum